quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Como melhorar eficientemente

Atualmente me divirto com um jogo chamado StarCraft II, procurando material para melhorar meu aprendizado e habilidades neste jogo, encontrei um texto muito interessante, do qual venho resaltar um trecho que vale para qualquer área da vida, fala sobre como se tornar um dos melhores de forma consistente, e resalta algumas limitações naturais que veem da forma tradicional de ensino.



"Eu já vi várias pessoas que parecem ter um problema particular em aprender; elas simplesmente não sabem aprender.É verdade que se uma pessoa aprende uma coisa sozinha, elas tendem a aprende-la 10 vezes melhor que se essa coisa fosse contada por qualquer outra pessoa.Você pode acreditar nisso?Eu usei isso várias vezes em minha vida, e agora, várias pessoas me consideram um faz-tudo; eu pareço ter talento em tudo o que eu faço.Honestamente, isto é porque eu descobri cedo na vida como descobrir coisas.Agora, ao invés de dizer que os melhores jogadores tem “talento natural”, considere que todos os melhores jogadores sabem como continuarem a aprender continuamente no SCII.Isso faz muito sentido.Grande parte das pessoas podem apenas aprender certo tanto antes de atingirem uma parece por que elas não desenvolveram a habilidade de aprender coisas complicadas.Eu acho que para uma pessoa fazer alguma coisa em um nível muito alto de competitividade em qualquer área, a habilidade de aprender constantemente é muito importante.



Pensei nisso, se você cresceu toda a sua vida no sistema de escola pública(no nosso caso do brasil, é particular) ‘’recebendo’’ inteligencia ‘’na boca’’,o quão bom você acha que você vai ficar no StarCraft II se seus meios de melhorar estão muito ligados a outra pessoa?Imagine o quão ruim você será se você aprender dez vezes pior do que alguém que se ensina.
Agora há uma possivel contradição no que eu estou detalhando: como este manual pode lhe ensinar a melhorar no SCII de uma maneira efetiva se voce não pode se ensinar? Bem, eu gostaria de pensar neste manual como ferramenta.Esta ferramenta faz mais fácil para você como quem quer aprender sozinho.Lembra-se de como na introdução eu disse que a idéia deste manual não era focar-se em estratégias ou métodos?Eu não vou lhe ensinar a jogar melhor, eu vou tentar lhe ensinar a ensinar a você mesmo, te mostrando o caminho certo para começar sua jornada de melhora."


Fonte: http://us.battle.net/sc2/pt/forum/topic/3123368643

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Carta do cacique Seathl – Seattle

A carta abaixo, do cacique Seathl – Seattle – mostra que, embora a Ecologia seja uma ciência nova, o raciocínio ecológico não foi criado pelos homens de hoje. Eis um trecho, no qual revela suas crenças, tradições e o apego a terra onde viviam e que provia seu sustento:

O grande chefe de Washington mandou dizer que quer comprar a nossa terra. O grande chefe assegurou-nos também de sua amizade e de sua benevolência. Isto é gentil de sua parte, pois sabemos que ele não precisa da nossa amizade. Vamos pensar em sua oferta. Se não pensarmos, o homem branco virá com armas e tomará nossa terra. O grande chefe em Washington pode acreditar no que chefe Seatlle diz, com a mesma certeza com que os nossos irmãos brancos podem confiar na mudança das estações do ano. Minha palavra é como as estrelas, elas não empalidecem. Como podes comprar ou vender o céu, o calor da terra? Tal idéia é estranha. Nós não somos donos da pureza do ar ou do brilho da água. Como podes então comprá-los de nós? Decidimos apenas sobre coisas de nosso tempo. Toda esta terra é sagrada para meu povo. Cada folha reluzente, todas as praias de areia, cada véu de neblina nas florestas escuras, cada clareira e todos os insetos a zumbir são sagrados nas tradições e na crença de meu povo. Sabemos que homem branco não compreende nosso modo de viver. Para ele, um pedaço de terra é igual a outro. Porque ele é um estranho que vem de noite e rouba da terra tudo quanto necessita. A terra não é sua irmã, é sua inimiga, e depois de a esgotar, ele vai embora. Deixa para trás a cova de seu pai, sem remorsos. Rouba a terra dos seus filhos. Nada respeita. Esquece o cemitério dos antepassados e o direito dos filhos. Sua ganância empobrece a terra e deixa atrás só desertos. Tuas cidades são um tormento para os olhos do homem vermelho. Talvez seja assim por ser o homem vermelho um selvagem que nada compreende. Se eu decidir a aceitar, imporei uma condição. O homem branco deve tratar os animais como se fossem irmãos. Sou um selvagem e não compreendo que possa ser certo de outra forma. Vi milhares de bisões apodrecendo nas pradarias, abandonados pelo homem branco que os abatia a tiros disparados do trem. Sou um selvagem e não compreendo como um fumegante cavalo de ferro possa ser mais valioso do que um bisão que nós, os índios, matamos apenas para sustentar a nossa própria vida. O que é o homem sem os animais? Se todos os animais desaparecessem, os homens morreriam de solidão espiritual, porque tudo quanto acontece aos animais pode também afetar os homens. Tudo está relacionado entre si. Tudo quanto fere a terra fere também os filhos da terra.